Imigração italiana no Brasil

23 de outubro de 2017



Vamos começar uma série de posts com o passo a passo para o reconhecimento da cidadania Italiana, vocês podem deixar as suas dúvidas nos comentários que responderemos. Envie também suas curiosidades sobre o processo de reconhecimento de cidadania Italiana e sobre a Italia  e a vida na Italia.

Hoje explicaremos um pouco sobre como ocorreu a imigração de italianos no Brasil, como nossos antecedentes que nos dão direito á cidadania foram parar no Brasil.

Os Italianos deixaram á Italia basicamente por motivos

econômicos e socioculturais. Depois de um período de mais de 20 anos de lutas para a unificação do país o governo começou a incentivar a migração da população para assim tentar salvar as famílias italianas no cenário interno do país, desta forma 7 milhoes de italianos sairam do país entre 1860 e 1920.


No Brasil surgiu nesta época algo que se chama “imigraçao subvencionada” (1870-1930), que estimulava a vinda de imigrantes para trabalharem nas lavouras, estes imigrantes tinham as passagens pagas, hospedagem e contrato de trabalho, essa imigração estimulava a vinda de famílias e não apenas de individuos sozinhos. Mais de 1,4 milhões italianos chegaram ao Brasil.

Os primeiros imigrantes vieram da região de Veneto (cerca de 30% do total), seguido de  Campânia, Calábria e Lombardia. O destino dos imigrantes foram as fazendas de café de São Paulo e núcleos de colonização no Rio grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Espirito Santo onde trabalhavam com agricultura. Outros imigrantes burlavam a vigilância da imigração subvencionada e iam para o Rio de Janeiro e São Paulo e não para o sul.

A luta por uma identidade italiana (italianità) foi uma batalha que os imigrantes, e seus descendentes, tiveram que travar em terras brasileiras. Nessa luta, teve importância a política do governo de Mussolini, que buscava resgatar um sentimento de orgulho "de ser italiano" fora da Itália. Esse foi um período em que a questão da italianità teve um caráter político, com a adesão de muitos imigrantes e descendentes ao fascismo.”

Hoje existem milhões de brasileiros que possuem origem italiana, e muitos tentam resgatar essas origens através do reconhecimento da cidadania italiana, buscam informações sobre a cultura italiana, a lingua, os dialetos falados em cada região e carregam o orgulho de ter essa antescendencia.

fonte:

GOMES, A. C. Imigrantes italianos: entre a italianità e a brasilidade. In: INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de Janeiro, 2000.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo